Boletim Covid-19
28 de junho

Um contribuição do mandato coletivo
Vereador Tarcísio Motta (PSOL Carioca)

BRASIL

MUNDO | Total de contaminados atinge 10 milhões de pessoas. Já são 500 mil vítimas da doença em todo o planeta – mais de 10% delas, aqui no Brasil.

RECORDE NO DOMINGO | País registou hoje 30.476 novos casos, número recorde para um domingo, quando registros costumam ser mais baixos. Marca anterior no dia era de 18.912, em 7 de junho.

TOTAL | Casos somam 1.344.143. Número de perdas chega a 57.622, com 552 óbitos neste domingo.

FLEXIBILIZAÇÃO EM MG | Estado ,que mostrava bons índices de controle da pandemia, já vê os efeitos da flexibilização: salto no número de óbitos e ocupação de 90% das UTIs.

TESTAR PRA QUÊ? | Minas é o estado que menos testa no país, seguido pelo Rio de Janeiro. Para Romeu Zema, testes servem para satisfazer curiosidade acadêmica – e não para planejar políticas públicas ou monitorar o avanço da doença

RIO

CASOS E ÓBITOS | Cidade do Rio acumula 56.060 contaminados e 6.393 mortes.

DEVASTADOR | Levantamento do jornal O Globo mostrou que maio bateu recorde histórico de mortes na cidade, superando em 60% marca anterior, que era de junho de 2016.

DOMINGO x DOMINGO | Dobrou o número de bairros com mais de 2 mil casos. Campo Grande e Tijuca agora se juntam a Copacabana e Barra.

DOMINGO x DOMINGO 2 | Número de mortes diminuiu de 41 para 27, mas o de casos diários passou de 341 para 740.

IRRESPONSÁVEL | Na lista de atos criminosos de Crivella entrou mais um: liberação da torcida nos estádios.

QUER RECEBER O BOLETIM AMANHÃ EM SEU CELULAR?

https://m.tamojuntorio.com.br/zap