Boletim Covid-19
11 de junho

Um contribuição do mandato coletivo
Vereador Tarcísio Motta (PSOL Carioca)

BRASIL

NOVO NORMAL??? Hoje foram registrados 30.412 casos e 1.239 óbitos. Não é possível naturalizar tantas vidas perdidas.

800 MIL Já são 802.828 contaminados. O número equivale a mais de doze vezes o recorde de público no campeonato brasileiro do ano passado (65.649).

40 MIL MORTES Com 40.919 vítimas fatais, Brasil pode passar o Reino Unido, que tem 41.364 óbitos, e assumir segundo lugar em mortes já amanhã.

TENDÊNCIA Números desta semana apontam tendência de crescimento de casos e de óbitos em ritmo constante.

RIO

RIO 40 MIL Cidade bate marca de casos no mesmo dia em que shoppings são reabertos. Hoje foram 1.057 registros de contaminados na cidade.

NA CONTA DO COMITÊ Crivella antecipou a abertura dos espaços comerciais em 5 dias. Prefeito afirmou que seguiu orientação de comitê científico, que nunca foi nomeado oficialmente.

NO LIMITE Cidade está perigosamente perto do limite de leitos na Rede Municipal. Dos 245 UTIs para covid, 231 estão ocupados. Ou seja, pouco mais de 5% está livre para receber novos pacientes.

NÃO PARA Só hoje, foram 134 óbitos anotados na capital. São 4.850 mortos no total. Junho registra aumento de 35% em relação ao final de maio.

CAMPO GRANDE AINDA LIDERA O bairro na Zona Oeste registrou o maior número de mortes até aqui. São 253 óbitos, seguido de Bangu (214), Copacabana (193), Realengo (178) e Santa Cruz (145).