Boletim Diário Covid-19
03 de junho

Um contribuição do mandato coletivo
Vereador Tarcísio Motta (PSOL Carioca)

BRASIL

NOVAMENTE RECORDE | Registro inédito de óbitos alcançado ontem já foi superado. Brasil fecha o dia com 1.349 perdas, totalizando 32.548.

COLADO NA ITÁLIA | Diferença entre os dois países é de 1053 mortes. Brasil deve superar o país europeu nos próximos dias e alcançar a inglória 3ª posição mundial em óbitos.

28.633 CASOS | Com os registros desta quarta, país chega a 584.016 pessoas contaminadas.

THE BOOK IS ON THE TABLE | Empresário de rede de escolas de idiomas assume secretaria no Ministério da Saúde.

HELP! | Ontem, o empresário-secretário afirmou ter suspendido todos os contratos de compra de respiradores no exterior.

“NINGUÉM MORREU POR FALTA DE UTI” | Segundo Bolsonaro, ninguém morreu por falta de leito em UTI ou respiradores no país. A fantasia criminosa prossegue com a crítica à suspensão das aulas: “A garotada quando pega, nem sente”, afirmou.

MINISTRÔNOMO: País está há 19 dias sem Ministro da Saúde.

RIO

NÚMERO DE MORTES EXPLODE NO RIO | Cidade bateu hoje o recorde de óbitos diários. Bateu e foi por muito: 227 mortes nas últimas 24h contra as 182 registradas no último pico. Afrouxar o isolamento é crime!

LÍDERES DE CONTAMINAÇÃO | Campo Grande é o bairro com mais aumento de casos, 86 de ontem pra hoje, seguido por Copacabana, que aumentou 62. Entre as favelas, Rocinha tem 32 novos positivos e Maré, 18.

AFROUXAR? | Com isso, chegamos a 4.055 mortos e 32.951 contaminados na cidade, sendo 1.747 registros de casos nas últimas 24h.

A COVID-19 EM NÚMEROS

Brasil

Casos totais: 584.016
Posição no mundo: 2° (Casos), 4° (Óbitos)
Novos casos hoje: 28.936 (-303)
Média de novos casos nos últimos 3 dias: 23.272 (19.197)
Casos prováveis: N/D
Óbitos totais: 32.548 (+1349)
Letalidade: 5,57% (-0.05p.p)

Cidade do Rio

Casos totais: 32.951
Novos casos hoje: 1.747 (+557)
Média dos últimos 3 dias: 1264 (907)
Óbitos totais: 4.055 (+227)
Letalidade: 12,31% (+0,04p.p)