Boletim Diário Covid-19
01 de junho

Um contribuição do mandato coletivo
Vereador Tarcísio Motta (PSOL Carioca)

BRASIL

30 MIL MORTES País chega a 29.937 vidas perdidas nesta segunda, com 623 óbitos registrados em 24h

526.447 CASOS Novos casos no país somaram 12.247, segundo maior número registrado para uma segunda-feira desde o início da pandemia.

PIOR AINDA ESTÁ POR VIR Diretor executivo da OMS afirmou hoje que Brasil está entre os países com maior aumento diário de transmissão. Segundo ele, pico do contágio ainda não chegou, “e no momento não é possível prever quando chegará”.

RIO

30 MIL Com os 857 casos de hoje, cidade chega a 30.014 contaminados. Nos últimos 3 dias, o aumento foi de 10%. E Crivella quer afrouxar o isolamento.

93 MORTES HOJE Cidade registrou hoje 93 óbitos. No total, são 3.671 vidas perdidas para a pandemia.

ZONA OESTE LIDERA ÓBITOS Dos cinco bairros com mais perdas, quatro estão na mesma região: Campo Grande (210), Bangu (167), Realengo (137) e Santa Cruz (121).

CRIVELLA COLOCA EM RISCO OS MAIS POBRES No momento em que os casos sobem descontroladamente nas Zonas Norte e Oeste, afrouxar o isolamento é expor as pessoas ao contágio.

RENDA BÁSICA CARIOCA Amanhã é a última chance para virar lei o projeto que concede até um salário mínimo para autônomos, MEIs, desempregados e informais. Crivella vetou o projeto, mas Câmara pode derrubar o veto nesta terça, às 16h.