BRASIL: NOVO RECORDE – O número recorde de novos casos apontado ontem foi novamente superado nesta quinta-feira. Hoje foram registrados 7.218 novos casos, ápice desde o início da pandemia.

MAIOR QUE A CHINA DE NOVO Dois dias após ter passado a China em número de óbitos, o Brasil ultrapassa hoje também em número de casos. São 85.380 casos confirmados no total, levando o país ao 10º lugar em número de contaminados.

ÓBITOS: PAÍS DEVE PASSAR O IRÃ NESTA SEXTA Hoje foram registrados mais 435 óbitos, elevando o total a 5.901. Seguindo a tendência, o Brasil deve superar o Irã amanhã e se tornar o oitavo país com mais mortes por Covid-19 no mundo.

RIO: ZONA NORTE LIDERA CONTAMINAÇÕES Bonsucesso, Méier, Irajá e Pavuna são principais focos da região (Tijuca e entorno não estão incluídas). Até então, recorde de casos se concentrava nos bairros da Zona Sul, Barra e Grande Tijuca.

2X MAIS RÁPIDO NA ZONA OESTE DO QUE NA ZONA SUL Região (excluídos Barra e Jacarepaguá) pode dobrar número de contaminados em uma semana, um ritmo de contaminação que é o dobro do ritmo da área que envolve Zona Sul, Barra e Tijuca. Campo Grande é hoje o segundo maior bairro em número de pessoas que têm o vírus ativo no corpo.

CONTAMINAÇÃO ACELERA NA MARÉ Painel da Prefeitura considera apenas favelas com status de bairro, impedido análise mais detalhada. Rocinha é a favela com maior número de positivos (71). Maré registra 27 casos, com salto de 14 desde a última contagem.

TOMÓGRAFO NA IGREJA UNIVERSAL Equipamento, que vai atender moradores da Rocinha, permite um diagnóstico mais preciso do coronavírus. O combinado era a prefeitura ter direcionado tomógrafo pra UPA da favela.

OS NÚMEROS DA COVID-19:

Brasil
Casos totais: 85.380Posição no mundo: 10° (Casos), 9° (Óbitos) Novos casos hoje: 7.218 (+942)Média de novos casos nos últimos 3 dias: 6.293 (5.424)Óbitos totais: 5.901 (+435)Letalidade: 6,91% (-0,08p.p)

Cidade do Rio de Janeiro
Casos totais: 5.903Novos casos hoje: 214 (+79)Média dos últimos 3 dias: 214 (397)Óbitos totais: 535 (+39)Letalidade: 9,06% (+0,34p.p)